Analista de sistemas: o que faz, áreas de atuação e quanto ganha

Postado em 23 de dez de 2022
Loading...

Você gosta de tecnologia e quer trabalhar com uma profissão muito promissora? Você precisa conhecer o cargo de analista de sistemas.

Em linhas gerais, é ele quem desenvolve sistemas informatizados, atuando na parte de programação de computadores, bem como no desenvolvimento de softwares e criação de bancos de dados das empresas.

Na atualidade, estamos cada vez mais dependentes da internet, dos aplicativos e das diversas mídias digitais para trabalhar e nos comunicarmos.

Nesse contexto, cresceu a demanda por profissionais capacitados para analisar, projetar e desenvolver esses sistemas computacionais. É aí que entram os analistas de sistemas.

Neste artigo, vamos explicar o que faz um analista de sistemas e trazer mais informações sobre o curso e o mercado de trabalho na área. Fique conosco!

Aqui você vai ver:

Descubra se o EAD é para você!

O que faz um analista de sistemas?

A análise de sistemas é a área que busca encontrar os melhores caminhos para que as informações possam ser processadas.

Nesse contexto, os analistas de sistemas são os profissionais que desenvolvem soluções específicas para sistemas informatizados de diversos perfis de empresas.

Esses profissionais analisam, documentam, projetam, implementam, testam e gerenciam os sistemas de informações.

Para isso, eles criam softwares, programas de computadores e sistemas inteligentes que integram, organizam e melhoram as informações de uma empresa.

Em função desse papel, os estudos de um analista de sistemas se centram nas áreas de hardware (componentes físicos do computador), de software (sistemas de processamentos de dados do computador) e de utilização pelo usuário final.

Ou seja, a função de uma analista de sistemas é avaliar e resolver os problemas tecnológicos de empresas e organizações por meio de ferramentas da engenharia de software, linguagens de programação e bancos de dados.

🔵 Leia também: Profissões em alta em 2023: conheça as áreas mais promissoras

Como se tornar um analista de sistemas?

Existem diversos caminhos para se trilhar na área de sistemas da informação, mas todos passam pelo ensino superior. Diplomados em Engenharia da Computação, Gestão de TI ou Ciências da Computação costumam ter habilidades para trabalhar na área.

No entanto, a formação mais indicada para atuar nesse campo é o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas.

Essa graduação é a formação ideal para aqueles que desejam atuar com sistemas computacionais de informação, oferecendo conhecimentos específicos sobre a área.

No tópico a seguir, trazemos mais informações sobre o curso.  

Como é a faculdade de Análise e Desenvolvimento de Sistemas?

O curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas é do tipo tecnólogo e tem duração média de três anos.

Durante essa graduação, os estudantes aprendem como analisar, projetar e desenvolver sistemas computacionais de informação, além de testá-los, implantar e fazer a manutenção deles. 

O curso conta com disciplinas que abordam conceitos matemáticos, lógicos, desenvolvimento de softwares, soluções web, inovação, empreendedorismo e muito mais.

A faculdade de Análise de Sistemas prepara o estudante para atuar em empresas de diversos portes e segmentos.

Confira algumas das disciplinas que podem fazer da grade curricular do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas:

  • Sistemas Operacionais;
  • Arquitetura e Organização de Computadores;
  • Algoritmos;
  • Fundamentos de Redes de Computadores;
  • Programação Orientada a Objetos;
  • Modelagem e Desenvolvimento de Dados;
  • Estrutura de Dados;
  • Desenvolvimento para Dispositivos Móveis;
  • Engenharia de Software;
  • Ferramentas de Desenvolvimento Web;
  • Integração de Aplicações;
  • Gerenciamento de projeto de softwares;
  • Segurança em Sistema Computacionais;
  • Programação back-end.

Analista de sistemas - profissional em frente ao computador com tela repleta de códigos

Em quais áreas o analista de sistemas pode atuar?

A área de Análise de Sistemas é muito abrangente e oferece diversas possibilidades de atuação profissional. Abaixo, detalhamos alguns dos principais segmentos em que um analista de sistemas pode trabalhar. Confira:

Web

Os analistas de sistemas podem trabalhar na área de web, elaborando e corrigindo o desenvolvimento visual de páginas da internet. Além disso, esses profissionais utilizam linguagens e lógicas de programação para alcançar a melhor interface para o usuário.

Os analistas de sistemas que atuam nessa área também podem aperfeiçoar e otimizar softwares.

Back-end

Bancos de dados, a segurança da empresa e a integração de webservices fazem parte da rotina do analista de sistemas que trabalha com Back-end. 

Esse profissional codifica, programa, testa e faz a manutenção dos sistemas. Ou seja, sua responsabilidade é impulsionar os sites, trabalhando as necessidades dos usuários e tornando a experiência com os softwares e sistemas o mais agradável possível. 

DevOps

Os analistas da área de DevOps são responsáveis por melhorar a confiabilidade das operações e a produtividade dos desenvolvedores. 

Eles estão envolvidos nas etapas de idealização, de desenvolvimento e de feedback para garantir que o sistema atenda às necessidades dos clientes.

Mobile

Essa é uma das áreas mais promissoras e atuais da Análise de Sistemas.

Com a popularização dos smartphones, cresceu muito o número de empresas que passaram a desenvolver aplicativos para os aparelhos. 

Dessa forma, aumentou a demanda por profissionais capacitados para atuar nessa área, afinal o desenvolvimento mobile é trabalhoso e complexo. 

Os analistas de sistemas encontram boas oportunidades nesse ramo, sendo responsáveis por criar programas diferentes e adequá-los aos sistemas operacionais disponíveis no mercado.

🔵 Leia também: Curso de TI: por que fazer essa graduação?

Quanto ganha um analista de sistemas?

O salário de um analista de sistemas varia de acordo com a experiência e o perfil da empresa em que o profissional trabalha. Confira os valores levantados pelo Educa Mais Brasil:

  • JÚNIOR: R$ 2.394 - R$ 4.046
  • PLENO: R$ 2.992 - R$ 5.057
  • SÊNIOR: R$ 3.740 - R$ 6.322

O portal Glassdoor traz valores semelhantes. De acordo com o site, o salário médio de um analista de sistemas é de R$ 4.500 no Brasil.

Já o site Vagas, aponta que no cargo de analista de sistemas se inicia ganhando R$ 3.312 de salário e se pode vir a ganhar até R$ 7.301. 

A média salarial do analista de sistemas é de R$ 5.116 no Brasil, de acordo com o site. 

O perfil de um analista de sistemas

Se você se interessou pela área de Análise de Sistemas, é importante entender quais são as competências essenciais desse profissional para ver se condizem com o seu perfil.

Os analistas de sistemas são profissionais que trabalham com algoritmos, programação e softwares, o que exige conhecimento em cálculo e muito raciocínio lógico.  

Ou seja, gostar de números e ter um perfil analítico são características essenciais para exercer a profissão.

Além disso, a área da tecnologia está em constante evolução, surgindo novas ferramentas quase que diariamente. Dessa forma, é importante que os profissionais da área se mantenham atualizados. 

Por isso, os analistas de sistemas são profissionais que devem gostar de estudar, mesmo depois de diplomados. 

Afinal, novas tecnologias surgem com cada vez mais frequência, sendo indispensável manter os estudos em dia para conseguir se destacar no mercado de trabalho.

Como está o mercado de trabalho para o analista de sistemas?

Atualmente, empresas de todos os tamanhos utilizam sistemas computadorizados para registrar suas atividades, armazenar dados e tornar a comunicação mais ágil, tanto internamente, quanto com clientes e fornecedores.

Na vida pessoal, a presença dos softwares também é cada vez maior. Esse é o principal motivo para que profissionais de TI estejam em alta no país.

De acordo com a BRASSCOM, o Brasil precisará de 420 mil profissionais de TI até 2024 para suprir com as necessidades do mercado.

Ou seja, o desenvolvimento interno de programas só cresce, assim como a demanda pelo analista de sistemas, que promete continuar alta.

Além disso, o profissional formado tem ainda a possibilidade de fundar sua própria empresa de desenvolvimento de softwares ou trabalhar de maneira autônoma para o Brasil e para outros países do mundo, conquistando clientes e recebendo em dólar.

Onde estudar Análise e Desenvolvimento de Sistemas

E aí, ficou interessado em se tornar um analista de sistemas? Confira abaixo uma lista de instituições de ensino onde você pode cursar Análise e Desenvolvimento de Sistemas:

Todas as instituições acima oferecem a graduação em Análise de Sistema EAD reconhecida pelo MEC, com altos índices de qualidade nos principais indicadores da pasta.

Não perca tempo e comece hoje mesmo a trilhar o caminho para se tornar uma analista de sistemas de sucesso!

Leia também:

Redação Blog do EAD

Por Redação Blog do EAD

Gostou deste conteúdo? Compartilhe com seus amigos!