Nutricionista Esportivo: o que faz e mercado de trabalho

Postado em 10 de mai de 2023
Loading...

Você sabe o que faz um nutricionista esportivo? Esse é um dos ramos da nutrição que mais vem se destacando nos últimos tempos. Afinal, o desempenho de atletas de todas as modalidades esportivas está muito associado à dieta.

Nesse sentido, o nutricionista esportiva tem o papel chave para garantir a melhor performance dos esportistas. 

Neste artigo, falaremos mais sobre o nutricionista esportivo, explicando sua função, áreas de atuação, mercado de trabalho e como se tornar um

Aqui você vai conferir:

Descubra quantos cursos de graduação existem no Brasil!

Mas antes, o que faz um nutricionista?

Antes de falarmos especificamente sobre o nutricionista esportivo, é importante entendermos aspectos gerais da nutrição. 

A nutrição é a área que estuda a forma como os alimentos atuam e interagem no nosso organismo. 

Dessa forma, os nutricionistas são profissionais especializados em alimentação, que compreendem quais são as necessidades nutricionais para cada fase e estilo de vida. 

Com seus conhecimentos em anatomia, fisiologia e bioquímica, os nutricionistas podem identificar as dietas ideais para diversos perfis de pessoas. 

Um recém nascido, por exemplo, precisa de nutrientes diferentes de um idoso. Assim como um atleta, que tem um alto gasto calórico, também necessita de uma alimentação distinta de uma pessoa que trabalha diariamente em um escritório.

Para cada perfil de paciente, os nutricionistas orientam sobre como combinar os alimentos, o que deve ser priorizado e o que deve ser evitado na alimentação.

Abaixo, apresentamos as principais atividades do nutricionista:

  • Realizar diagnósticos nutricionais para diversos perfis de pacientes.
  • Elaborar dietas e prescrever suplementos a fim de melhorar a qualidade de vida de pessoas saudáveis ou com problemas de saúde.
  • Supervisionar e fazer o controle de qualidade dos alimentos em restaurantes, refeitórios e indústrias. 
  • Desenvolver e avaliar novos produtos alimentícios.

Resumidamente, os nutricionistas, através da alimentação, se dedicam à manutenção e recuperação da saúde humana. 

🔵 Leia mais: Como escolher uma profissão? O que você precisa saber para decidir

Qual é a diferença entre um nutricionista e um nutricionista esportivo?

A diferença entre um nutricionista e um nutricionista esportivo está no grau de especialização e na atuação desses profissionais. 

O nutricionista esportivo é um profissional especializado em alimentação para o esporte, com conhecimento voltado para melhorar o desempenho dos atletas. 

Normalmente, os nutricionistas esportivos, além de serem diplomados no curso de Nutrição, possuem cursos de especialização voltados para a área. 

Já os nutricionistas, são profissionais mais generalistas que trabalham a alimentação de forma mais geral, sem restringir o público alvo de seus estudos. 

🔵 Leia mais: Planejando o futuro? Conheça os cursos que mais empregam por área [Guia 2023]

Qual é a função de um nutricionista esportivo?

O desempenho dos atletas está muito associado à alimentação. Dessa forma, é essencial que clubes e times contem com profissionais de nutrição capacitados para garantir a melhor performance dos esportistas. 

O nutricionista esportivo é aquele responsável por avaliar e acompanhar o perfil antropométrico, bioquímico e a composição corporal dos atletas, identificando os alimentos apropriados para melhorar o seu desempenho e aperfeiçoar seu corpo.

Esses profissionais identificam o gasto energético do indivíduo e elaboram um plano alimentar que leva em consideração as características e demandas do esporte praticado.

Para isso, o nutricionista esportivo estuda os efeitos dos alimentos no corpo humano, buscando encontrar o tipo de dieta e a quantidade de calorias que deve ser ingerida por cada indivíduo.

Além disso, o nutricionista esportivo também investiga, por exemplo, o quanto de massa corporal e outros componentes o atleta deve possuir para alcançar o seu melhor nível de desempenho.

Todas as ações do nutricionista esportivo visam garantir uma alimentação adequada aos atletas, buscando alcançar a melhor performance e evitar lesões.

🔵 Leia mais: Escolheu o curso errado? Veja como trancar a faculdade

Como se tornar um nutricionista esportivo?

O primeiro passo para se tornar um nutricionista esportivo é iniciar a graduação em Nutrição

No curso, os estudantes têm contato com disciplinas de anatomia, fisiologia e bioquímica, além de matérias específicas como dietética, educação alimentar, avaliação nutricional e composição de alimentos.

A graduação em Nutrição tem quatro anos de duração. Durante esse período, além das disciplinas regulares e eletivas, os estudantes realizaram estágios supervisionados e um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

A formação em Nutrição é essencial para os profissionais que desejam se tornar nutricionistas esportivos. Afinal, ela dá toda a base necessária para o exercício da profissão. 

Após concluir a graduação, é indicado que os profissionais que buscam trabalhar com nutrição esportiva se especializem na área através de cursos livres ou de uma pós-graduação. 

Onde um nutricionista esportivo pode trabalhar?

Times de futebol, basquete, vôlei e de diversos outros esportes precisam de nutricionistas esportivos em seu corpo de funcionários para elaborar dietas e acompanhar os atletas.

Além disso, academias e clubes também contratam esses profissionais. 

Todos os tipos de organizações esportivas necessitam de profissionais especializados em nutrição para o esporte.

Qual é o salário de um nutricionista esportivo?

De acordo com informações do site Vagas, no cargo de nutricionista esportivo se inicia ganhando R$ 1.845,00 de salário e pode vir a ganhar até R$ 3.894,00. 

A média salarial do profissional no Brasil é de R$ 2.616,00.

🔵 Leia mais: Tipos de faculdade: diferenças entre presencial, semipresencial e EAD

Onde cursar Nutrição

Neste artigo, falamos mais sobre o cargo de nutricionista esportivo, explicando o que faz e como se tornar um profissional da área.

Se você se interessou por essa nicho profissional, o primeiro passo para iniciar na carreira é começar a graduação em Nutrição. 

Você sabia que é possível cursar essa faculdade na modalidade semipresencial? Abaixo, trazemos duas instituições de ensino reconhecidas para você começar os seus estudos:

Desejamos sucesso na sua jornada profissional!
Mariana Moraes

Por Mariana Moraes

Gostou deste conteúdo? Compartilhe com seus amigos!