header-blog-do-EAD

Blog do EAD

O que a gestão de agronegócio tem a ver com você?

Postado em 6 de dez de 2019

O agronegócio é um dos segmentos mais importantes para a economia brasileira. Ele representa cerca de 23,5% do PIB (Produto Interno Bruto) nacional.

Por ser um dos setores mais representativos na geração de riquezas para o país, o agronegócio demanda profissionais qualificados. E um deles é o gestor de agronegócios.

Que tal entender melhor o que faz esse profissional? Quem sabe não é a profissão ideal para você? Siga com a leitura!

O que é gestão de agronegócio?

A gestão no agronegócio consiste em planejar, implementar e controlar processos, recursos e pessoas no ambiente de agronegócios. Trata-se de uma administração especializada em dos segmentos mais lucrativos do mercado brasileiro.

Leia também: Confira 4 razões para fazer uma faculdade de Administração

O gestor de agronegócios é um administrador, portanto, tem uma visão estratégica sobre todas as áreas que envolvem a atividade agropecuária. Seu objetivo é aumentar a produtividade reduzindo custos, sem perder a qualidade dos produtos finais.

Como você se torna um gestor de agronegócios?

Para ser um profissional de gestão de agronegócios você deve buscar uma formação superior focada no segmento, como o Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Agronegócios.

Durante o curso de agronegócios, que tem duração de dois anos, você aprende as particularidades do segmento, como cadeia produtiva, logística, armazenamento, comercialização de produtos e tecnologias aplicadas ao agronegócio.

Dica: Entenda as vantagens da graduação tecnológica

Além dessas disciplinas, também são ministradas aquelas que preparam você para ser um gestor: gestão financeira, gestão de pessoas e empreendedorismo, entre outras.

A formação rápida e focada no mercado de trabalho permite que você ingresse rapidamente na carreira, conquistando seu espaço em um dos segmentos mais rentáveis da nossa economia.

Por que investir nessa formação?

Como você viu, o setor de agronegócios é responsável por quase ¼ do PIB nacional. Além disso, ele representa 40% das exportações brasileiras.

O potencial produtivo do Brasil é uma enorme oportunidade para que o país cresça e se desenvolva economicamente, um processo do qual você pode fazer parte.

Tire a dúvida: Por que fazer faculdade se você já está no mercado de trabalho?

Além de gerenciar empresas do setor, você pode atuar em outros segmentos, como importação e exportação de produtos agropecuários, na indústria alimentícia e também em órgãos governamentais ligados à agropecuária.

Quanto ganha um gestor de agronegócios?

O salário de quem se forma em gestão de agronegócios é compatível com o salário dos administradores de empresas e sofre as mesmas variações.

A remuneração depende do porte da empresa e da complexidade das atividades que você exercerá. Também varia de acordo com a região do país.

De acordo com o site Educa Mais Brasil, em uma grande empresa, o salário de um trainee (início de carreira) fica em torno de R$ 2.000,00. Já para quem tem bastante experiência e ocupa um cargo de chefia, os valores são de, aproximadamente, R$ 3.556,00.

Como ingressar na graduação em gestão de agronegócios?

O método tradicional de entrada no Tecnólogo em Gestão de Agronegócios é o vestibular. Você pode optar pelo vestibular tradicional ou agendado.

Também é possível inscrever sua nota do Enem para o processo seletivo. A classificação é feita de acordo com as melhores notas, portanto, certifique-se de ir bem na prova do Exame Nacional do Ensino Médio!

Caso já tenha concluído uma graduação, existe um processo seletivo especial para você. É o que chamamos de segunda graduação ou segundo diploma.

Decidido a cursar gestão de agronegócios? Não perca mais tempo, inscreva-se agora mesmo!

Blog do EAD

Por Blog do EAD

Gostou deste conteúdo? Compartilhe com seus amigos!