header-blog-do-EAD

Blog do EAD

Gestão da produção industrial EAD: uma formação, várias possibilidades

Postado em 6 de dez de 2019

O setor industrial é um dos mais estratégicos para o Brasil. O crescimento do país depende de um setor industrial forte, competitivo e capaz de inovar. E uma das maneiras de atingir esses objetivos é a qualificação profissional de quem atua no setor.

Além de técnicos e engenheiros, as empresas também podem contar um outro profissional: o tecnólogo em produção industrial.

Não conhecia essa carreira? Continue a leitura e conheça as diversas oportunidades para quem faz gestão da produção industrial EAD!

O que é gestão da produção industrial

O curso de gestão da produção industrial é uma formação tecnológica, totalmente focada nas necessidades do mercado de trabalho.

Com duração de três anos, essa graduação prepara o estudante para gerenciar todos os processos de fabricação, do recebimento de matérias-primas ao controle de qualidade.

Oferecido na modalidade presencial ou a distância, o curso de gestão da produção industrial é ideal para quem se identifica com atividades de planejamento, organização e controle de qualidade.

Durante o curso de gestão da produção industrial, o aluno tem aulas teóricas e práticas que o preparam para um mercado competitivo, porém cheio de oportunidades.

Alguns dos conhecimentos que o aluno adquire ao longo do curso são:

  • Modelagem de espaços físicos;
  • Tecnologias aplicadas à indústria;
  • Projeto de fábricas sustentáveis;
  • Física do movimento;
  • Gestão de custos;
  • Administração;
  • Modelagem de sistemas;
  • Entre outros.

O que faz um gestor de produção industrial

Uma vez formado, o profissional de gestão da produção industrial está preparado para gerenciar toda a cadeia produtiva de uma indústria.

Ele planeja, projeta e implementa a infraestrutura necessária para a produção. Também promove melhorias e adaptações no arranjo estrutural de maquinários para aumentar a produtividade e eficiência de plantas fabris.

Além disso, o tecnólogo em gestão industrial faz o controle de manutenções e emite laudos e pareceres técnicos sobre os processos de fabricação.

No controle de qualidade, o gestor de produção industrial desenvolve processos de análise e controle sofisticados, com o objetivo de reduzir falhas e desperdícios que comprometem a rentabilidade da empresa.

Com uma visão global de toda a cadeia produtiva, o tecnólogo em gestão da produção industrial também é capaz de otimizar processos logísticos. Da compra e recebimento de matérias-primas, até a entrega do produto acabado na casa do cliente final.

Diferenças entre gestão da produção industrial e engenharia de produção

Para evitar confusão da hora de prestar vestibular, é importante que você saiba a diferença entre gestão da produção industrial e engenharia de produção.

O engenheiro de produção tem uma formação mais ampla. As disciplinas se dividem entre específicas da área de engenharia e as de administração. Por isso, a formação em engenharia de produção dura de cinco a seis anos.

A graduação tecnológica em produção industrial, por sua vez, é bem mais específica. Ela se concentra nos processos industriais, deixando de lado disciplinas como matemática, estatística, gestão de projetos e gestão de serviços, por exemplo.

Essa característica permite que o curso tenha uma duração menor e proporcione uma inserção mais rápida do profissional no mercado de trabalho.

No dia a dia da profissão, o tecnólogo em gestão da produção industrial atua como um intermediário entre a equipe de produção e os engenheiros, que se encarregam de atividades mais gerenciais.

Mercado de trabalho em gestão da produção industrial

A indústria nacional conta com diversos segmentos, os quais geram 21,6% do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro.

Automobilística, eletroeletrônica, tecnologia da informação, alimentos e metal-mecânicas são apenas alguns dos exemplos de segmentos industriais em que o tecnólogo em produção industrial pode atuar.

Mas as oportunidades não param por aí. Por serem profissionais especializados em redução de custos, qualidade e aumento da produtividade, os profissionais de produção industrial também encontram espaço nos setores de varejo e serviços.

Eles são estratégicos para elaborar o arranjo de centrais de atendimento e distribuição de produtos em armazéns, por exemplo, visando sempre o aumento da eficiência nesses locais.

Quanto ganha um profissional de gestão da produção industrial

O salário médio do tecnólogo em produção industrial é de R$ 4.000,00, segundo o site Salário.com.

A remuneração do profissional de gestão de processos industriais varia segundo o porte e segmento da indústria. Em empresas menores, o salário tende a ser menor. Já em grandes multinacionais, a remuneração se torna mais atrativa.

O ideal é que, ao escolher essa profissão, você se mantenha sempre atualizado e busque especializações que complementem sua formação, como logística ou engenharia de produção. Assim, seus ganhos podem se tornar maiores com o passar do tempo.

Como ingressar em um curso de gestão da produção industrial EAD

O ensino a distância deve superar o ensino presencial em número de matrículas até 2023, segundo previsão da ABMES. E não é para menos: existem vantagens no EAD que atraem cada vez mais estudantes, inclusive os de gestão da produção industrial.

Flexibilidade para estudar as disciplinas teóricas em casa e comparecer na instituição de ensino somente para as atividades práticas é um dos benefícios que o EAD oferece aos alunos do curso de gestão da produção industrial.

Além disso, o valor das mensalidades é mais atrativo se comparado ao ensino presencial, já que mais pessoas podem estudar ao mesmo tempo.

A divisão das aulas em unidades de aprendizagem e o desenvolvimento de projetos integradores ao final de cada módulo é um incentivo a mais para os estudantes do EAD, que unem teoria e prática em aulas mais dinâmicas e focadas em suas dúvidas e necessidades.

O ingresso no curso de tecnologia em gestão da produção industrial também é bastante fácil. A inscrição no vestibular agendado é feita online e você só precisa comparecer ao local da prova no dia marcado portando seus documentos pessoais.

Também é possível ingressar usando a nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). A classificação dos candidatos é feita por ordem decrescente de nota, ou seja, quem se saiu melhor no Enem tem a vaga garantida.

Ficou curioso para saber mais sobre a graduação em gestão da produção industrial e todas as oportunidades que ela gera? Faça download do e-book do curso e saiba tudo sobre essa carreira!

Blog do EAD

Por Blog do EAD

Gostou deste conteúdo? Compartilhe com seus amigos!