header-blog-do-EAD

Blog do EAD

Entenda as vantagens da graduação tecnológica

Postado em 2 de mai de 2019

Ainda pouco conhecidos por muitos brasileiros, os cursos tecnológicos oferecem várias vantagens para quem quer construir uma carreira de sucesso. Eles têm algumas diferenças em relação aos cursos de graduação tradicionais, as quais você vai conhecer agora mesmo!

Curta duração

A graduação tecnológica é a ideal para quem quer uma formação acadêmica rápida e com ingresso imediato no mercado de trabalho, com duração de apenas 2 ou 3 anos. Já para obter um diploma universitário de bacharelados e licenciaturas demora, em média, de 4 a 5 anos. Ou seja, os cursos tecnólogos proporcionam uma formação mais rápida e de mesmo nível.

Devido à duração menor do curso, a graduação tecnológica também é adequada para quem não tem condições de arcar com as mensalidades durante um período mais longo.

Aulas mais práticas

Ao contrário dos bacharelados e das licenciaturas, há pouquíssimas aulas puramente teóricas em uma graduação tecnológica. Esse tipo de curso é voltado para a demanda do mercado de trabalho e garante que o profissional formado tenha toda a experiência e conhecimento necessários para enfrentar os desafios de seu trabalho imediatamente após a formatura.

Assim, as disciplinas são sempre aplicadas à realidade das empresas e há muitas aulas práticas. Na maioria das vezes, o estudante de cursos tecnólogos começa a trabalhar antes mesmo de finalizar a formação universitária.

Permite cursar pós-graduação e prestar concurso de nível superior

A graduação tecnológica é de nível superior, concedendo aos profissionais formados um diploma com o título de tecnólogo. Após a formatura é possível se matricular em uma especialização, mestrado ou prestar concursos que exijam nível superior. O diploma é válido em todo o país.

Reconhecimento pelo MEC

O Ministério da Educação avalia os cursos de graduação tecnológica da mesma maneira que avalia os bacharelados e as licenciaturas. Ou seja, existem critérios que atestam a qualidade dos cursos, como a formação dos professores, a infraestrutura da faculdade, a organização da grade curricular, entre outros.

Assim, ao escolher um curso bem avaliado pelo MEC, você se assegura de estar ingressando em uma graduação de qualidade. A regulamentação impede que cursos ruins tenham validade legal, de forma que é seguro estudar em uma instituição reconhecida pelo MEC.

Foco em nichos do mercado de trabalho

Enquanto em um bacharelado a grade curricular é ampla e permite trabalhar em uma série de áreas de atuação diferentes, na graduação tecnológica os conteúdos estudados são mais focados e preparam para nichos específicos de trabalho. É o indicado para quem já tem certeza sobre a área em que deseja atuar ou pretende crescer na empresa onde já trabalha.

Por exemplo, quem quer trabalhar com Marketing pode cursar esse curso na modalidade tecnológica, sem a necessidade de estudar Publicidade e Propaganda e depois fazer uma especialização. O mesmo vale, por exemplo, para quem quer trabalhar com Redes de Computadores, mas não tem interesse em cursar Engenharia de Computação durante 5 anos inteiros.

Na prática, a graduação tecnológica funciona como um curso mais especializado, que permite avançar na carreira e obter conhecimento prático com rapidez. Agora que você já sabe como são os cursos de tecnologia, aproveite para conhecer nossas opções de curso!

 

Blog do EAD

Por Blog do EAD

Gostou deste conteúdo? Compartilhe com seus amigos!