header-blog-do-EAD

Blog do EAD

Conheça a rotina de um estudante EAD e dicas para conquistar o diploma

Postado em 24 de out de 2019

O estudante Rhendel Rodrigues de 22 anos é uma das 2 milhões de pessoas que se matricularam em um curso superior a distância só no ano de 2018. Esse número vem crescendo anualmente, de acordo com dados do Ministério da Educação. A flexibilidade de horários é o principal fator incentivador, já que é possível manter o trabalho e o estudo, e ainda com mensalidades mais acessíveis.

Essas vantagens também foram decisivas para Rodrigues, que escolheu fazer Comércio Exterior EAD, pois desejava poder trabalhar na área e estudar ao mesmo tempo. “Eu procurava uma forma de estudar e que eu já pudesse trabalhar com algo relacionado ao curso. Com isso em mente, cheguei no formato EAD”, conta o estudante.

Depois que começou a faculdade, ele passou para a próxima etapa de seu plano: encontrar um emprego ou estágio na área para colocar o aprendizado em prática. Foi quando um parente dele, que trabalha na área, falou sobre a empresa de Trade Junior que existe na universidade. “Fui até lá e deu certo. Faço um estágio em comércio exterior e que é bem conceituado no mercado de trabalho”, comemora o estudante.

Quanto à escolha do curso, Rodrigues conta que foi um processo. Formado em Filosofia, ele nunca atuou nessa área. Deu aulas de inglês e começou um curso de Letras, que também abandonou. “Por gostar de conhecer outras culturas e interagir com pessoas de diferentes países, encontrei o curso de Comércio Exterior e estou gostando muito”, explica.

Assim como no caso de Rodrigues, muitas instituições oferecem aos alunos do EAD as mesmas oportunidades que existem para quem estuda presencialmente. É possível frequentar toda a estrutura física da universidade, como biblioteca e laboratórios, além de participar de projetos de extensão e pesquisa, programas de estágios, palestras e eventos acadêmicos.

As semelhanças com o ensino presencial se estendem também ao fato de que várias aulas são ministradas pelos mesmos professores e o diploma de formação é exatamente igual, sem distinção se o curso foi feito a distância ou não. Os estudantes também precisam completar todas as atividades, realizar provas e alcançar notas para passar de ano.

Rotina exige disciplina

Estudar a distância tem diversas vantagens como a facilidade de assistir as aulas na plataforma online no horário e dias que preferir. No entanto, é preciso disciplina para realizar todas as atividades, alcançar as notas e conquistar o tão sonhado diploma.

Rhendel Rodrigues consegue conciliar bem a vida acadêmica com o estágio que está fazendo, mesmo pegando ônibus todos os dias para chegar até o local de trabalho. Todos os dias ele chega em casa por volta das 15h30, descansa um pouco e começa a estudar.

“No fim da tarde e de noite são as horas que eu me dedico ao curso. Faço isso praticamente todos os dias. Vejo as aulas, faço as atividades e trabalhos, tiro dúvidas com professores”, relata o estudante. Ele ainda tem tempo para participar do colegiado do curso e faz trabalho voluntário alguns dias da semana durante a noite.

O EAD faz parte da rotina de Rodrigues, mas ele tem consciência que é preciso disciplina para alcançar seu objetivo final. “Você tem que fazer todo dia um pouquinho, porque se deixar acumular, depois você não consegue entender o conteúdo e vai acabar indo mal nas provas”, recomenda.

Por já ter feito uma faculdade presencial, Rodrigues pode afirmar que o modelo a distância não deixa nada a desejar, pois o curso vai muito além de assistir as videoaulas. “É diferente, porque toda aula tem exercício, precisa ler materiais, além de ter as provas também. Tem hora que parece que você estuda muito mais que o presencial, mas também aprende mais”.

Para quem está pensando em começar uma faculdade a distancia, Rodrigues dá algumas dicas para conseguir ter uma rotina de estudos. Confira a seguir:

Disciplina: esta é a principal característica que a pessoa precisa desenvolver, segundo Rodrigues. “Entender que tem que se dedicar, fazer as atividades e fazer as leituras”.

Consciência: por outro lado, também é preciso consciência que, às vezes, é melhor descansar. “Vai ter dias que você estará cansado e não vai conseguir. Aí é melhor descansar e depois ter disciplina novamente para correr atrás”.

Cronograma de estudos: este é o segredo, segundo Rodrigues. “Precisa ter um cronograma que possibilite que você estude todo o material e entenda o conteúdo a tempo. E também é importante deixar uma margem de tempo para os dias que você está cansado e também pra poder se aprofundar ou ir atrás daquilo que você não entendeu”, compartilha o estudante.

Mercado de trabalho

Uma preocupação recorrente por quem pensa em estudar no EAD é com relação à inserção no mercado de trabalho. É fato que a concorrência está cada vez maior, mas não ter o ensino superior pode ser um empecilho muito mais significativo. Além disso, cabe ao estudante avaliar a escolha da instituição e se dedicar para terminar o curso com bastante conhecimento e preparado para os desafios da carreira.

Assim que o contrato de estágio acabar, Rodrigues pensa em procurar por uma colocação, mesmo não tendo terminado o curso. “Na Trade Junior a gente tem contato com o dia a dia de uma empresa real de Comércio Exterior. Isso com certeza agrega muito no currículo. A expectativa é grande”, completa o estudante.

A disciplina, organização e proatividade que são necessárias para se concluir um curso à distância são características valorizadas no mercado de trabalho e deixar essas qualidade claras pode ser um bom diferencial. Além disso, como o aluno pode continuar trabalhando, ele tem a chance de já ingressar na área escolhida, adquirindo ainda mais conhecimento e se tornando um profissional ainda mais completo.

 

Blog do EAD

Por Blog do EAD

Gostou deste conteúdo? Compartilhe com seus amigos!