header-blog-do-EAD

Blog do EAD

15 áreas da Biomedicina que você vai ver durante a graduação

Postado em 4 de fev de 2020

Biomedicina é a área que estuda micro-organismos que causam doenças. Ela tem o objetivo de desenvolver medicamentos, vacinas e outros tratamentos que impeçam esses micro-organismos de fazer mal ao ser humano.

Existem 30 áreas da Biomedicina que podem ser exploradas pelo profissional, o que faz dessa carreira uma das preferidas de quem opta pelas Ciências da Saúde durante a faculdade.

Neste post, apresentamos 15 áreas da Biomedicina que você vai ver durante a graduação. Confira!

1. Análises bromatológicas

A bromatologia se ocupa de fazer a análise da composição química dos alimentos e de sua ação no organismo humano.

O profissional que trabalha com análises bromatológicas verifica se o alimento é próprio para consumo, se não sofreu qualquer tipo de contaminação ou possui algum tipo de agente adulterante que possa fazer mal à saúde humana.

2. Biologia molecular

A biologia molecular estuda as interações entre DNA, RNA e proteínas no interior das células. Portanto, é uma área de estudo que fica entre a bioquímica e a genética.

Quem se especializa em biologia molecular costuma trabalhar com projetos que analisam a genética, seja de animais ou plantas.

3. Bioquímica

A bioquímica é a área de estudo que analisa os processos químicos que acontecem dentro das células. Esses processos configuram o que chamamos de metabolismo, função essencial para a sobrevivência das espécies.

O bioquímico pode atuar nas indústrias alimentícia, de petróleo, farmacêutica e de análises clínicas, entre muitas outras.

4. Parasitologia

Parasitologia é o estudo dos parasitas e de seus hospedeiros, bem como a interação entre eles.

É uma das áreas da Biomedicina que mais contribuem para a saúde coletiva, pois auxilia na identificação, tratamento e prevenção de doenças como a malária, toxoplasmose e giardíase, entre tantas outras.

5. Toxicologia

A toxicologia tem como objetivo estudar as alterações fisiológicas provocadas por agentes tóxicos. Ela pode ser aplicada tanto ao ser humano quanto a animais e plantas.

Ela analisa o efeito das substâncias tóxicas no organismo e suas consequências. Por isso, temos a toxicologia clínica, que analisa pacientes intoxicados e orienta os melhores tratamentos, e a toxicologia analítica, que analisa e quantifica laboratorialmente a presença de tóxicos no organismo.

Também temos a toxicologia experimental, que é aplicada no desenvolvimento de drogas e medicamentos.

6. Genética

A genética é uma das áreas da Biomedicina que mais chamam a atenção dos estudantes. Ela analisa os genes e a transmissão hereditária de características de um organismo de geração em geração.

É por meio de estudos genéticos que se pode identificar a probabilidade de um organismo desenvolver certas doenças e, a partir disso, buscar um tratamento adequado.

7. Hematologia

A hematologia é o campo que estuda o sangue e as doenças relacionadas a ele.

Por meio da análise dos glóbulos brancos, glóbulos vermelhos e plaquetas, é possível determinar se a pessoa ou animal possui algum tipo de enfermidade sanguínea e, a partir do diagnóstico, orientar o tratamento adequado.

8. Virologia

A virologia é a área de estudo que se dedica a compreender os vírus e seus efeitos nos organismos animais e vegetais.

Os vírus são parasitas intracelulares, ou seja, se alojam no interior das células do hospedeiro e ali se multiplicam, causando doenças. Algumas das doenças mais comuns causadas por vírus são o sarampo, caxumba, catapora, rubéola e dengue.

O biomédico que atua neste segmento tem como missão identificar os vírus e desenvolver vacinas contra eles.

9. Imunologia

A imunologia é a área da Biomedicina que estuda o sistema imunológico de seres humanos, animais e plantas. Em outras palavras, procura entender os mecanismos de defesa desses organismos diante de agentes nocivos, como vírus e bactérias, por exemplo.

O imunologista estuda as respostas do organismo quando ele é atacado por um antígeno e busca soluções para auxiliar o organismo a se defender de forma mais eficaz.

10. Imagenologia

A imagenologia é responsável por preparar o biomédico para operar equipamentos de imagens, como tomografia computadorizada, ressonância magnética e de medicina nuclear.

Essa é uma das áreas da Biomedicina que oferece uma carreira promissora, haja vista a rapidez com que as tecnologias médicas têm avançado.

11. Embriologia

A embriologia se ocupa de estudar o desenvolvimento embrionário de organismos animais e vegetais, isto é, da fecundação ao nascimento.

Ela faz parte de uma área mais ampla, chamada de Biologia do Desenvolvimento, e é essencial para que o biomédico compreenda como os organismos se formam e quais anomalias podem acontecer durante o processo de desenvolvimento dos embriões.

12. Psicobiologia

Uma das áreas da Biomedicina ainda pouco exploradas, a psicobiologia une conhecimentos da biologia e da psicologia para estudar as bases biológicas do comportamento humano.

Ela se preocupa em investigar se há relação entre determinados comportamentos humanos e seu desenvolvimento biológico. Também estuda as influências do ambiente em que vivemos em determinados comportamentos e como eles influenciam nas nossas vidas.

13. Fisiologia

A fisiologia é o campo de estudo que se preocupa com o funcionamento dos organismos vivos. Ela analisa os processos fundamentais para a manutenção da vida, como respiração, nutrição, circulação e reprodução, por exemplo.

O profissional que se dedica a essa área da Biomedicina costuma investigar a evolução desses processos ao longo do tempo, suas adaptações e mudanças.

14. Biofísica

Biofísica é a aplicação de conceitos e técnicas da física na biologia. Ela tem por objetivo compreender a interação da matéria com o ambiente.

No caso dos organismos vivos, processos elétricos, magnéticos e gravitacionais relacionados aos corpos de seres humanos, animais e vegetais são estudados na biofísica.

15. Reprodução humana

A reprodução humana é uma das áreas mais promissoras da Biomedicina, pois se dedica a investigar e manipular gametas e pré-embriões.

O profissional que segue por esse ramo da Biomedicina atua em clínicas de fertilização e laboratórios de análises de reprodução assistida.

Curtiu conhecer melhor cada uma dessas áreas que você vai estudar na graduação em Biomedicina? Não pare por aqui, conheça a graduação em Biomedicina!

Blog do EAD

Por Blog do EAD

Gostou deste conteúdo? Compartilhe com seus amigos!